Notícias

12 de setembro de 2018

Neurocirurgia do Alzira Velano é uma das melhores de Minas


Soloni Viana
Ampliar foto
Alguns dos médicos integrantes da equipe de Neurocirurgia: Dr. Guilherme Luis Grossi Heleno, Dr. Otacílio Moreira Guimarães, Dr. Renato Ortolani Marconi de Castro, Diego Alexandre Gomes Sousa e Lucas Caetano Dias Lourenço

O serviço de Neurocirurgia e a Residência Médica em Neurocirurgia do Hospital Universitário Alzira Velano recebem merecido destaque pela qualidade do atendimento realizado e a excelência dos resultados alcançados. A lista foi divulgada pela SBN (Sociedade Brasileira de Neurocirurgia) com a classificação das Residências Médicas em Neurocirurgia do país, de acordo com a média global referente à prova de 1/12/2017.

A Residência Médica do Alzira Velano ficou em 4º lugar em Minas Gerais, 2º lugar entre os hospitais do interior do Estado, 10º lugar no Sudeste (SP, MG, RJ e ES) e 15º no país, com a pontuação de 74,6. A Residência Médica em Neurocirurgia do Alzira Velano está à frente de inúmeras outras residências de importantes hospitais do país, como a Santa Casa de Misericórdia, Hospital Socor e Hospital Madre Tereza – na capital mineira; Hospital Miguel Couto, no Rio de Janeiro e Hospital da Beneficência Portuguesa e Santa Marcelina, em São Paulo,SP.

Esta excelência também foi conferida ao Serviço de neurocirurgia, em relatório divulgado pelo Data SUS, que atesta que o Alzira Velano é a instituição que mais opera tumor cerebral no interior de Minas Gerais, com resolutividade e pequeno tempo de internação.

Os dados confirmam que é crescente o número de neurocirurgias realizadas no hospital universitário do curso de Medicina da UNIFENAS. No ano de 2015 foram feitas 477 cirurgias. Em 2016, 507cirurgias e no ano de 2017, 558 cirurgias. No primeiro semestre de 2018 já foram realizadas 359 cirurgias. Se for feita uma projeção, o hospital vai chegar ao final do ano com mais de 700 cirurgias realizadas.

A Residência Médica do Alzira Velano – curso de pós-graduação lato senso, com cinco anos de duração, foi criada em 1998 e já formou inúmeros especialistas que hoje atuam em importantes hospitais do país. A Residência Médica e o serviço de neurocirurgia têm como coordenador o médico neurocirurgião e professor do curso de Medicina da UNIFENAS Otacílio Moreira Guimarães. Para ele, “o mérito da excelência do serviço se deve a toda equipe, aos médicos residentes e cirurgiões, ao corpo clínico, administradores e à reitoria”.