Notícias

26 de junho de 2020

Conexão internacional Brasil, Portugal e EUA


Everton Marques
Ampliar foto
O jornalista William Passos e o Dr. Maurício Moura na aula “Inteligência de Dados na Medicina e na Vida”

O Dr. Maurício Moura, professor da George Washington University, foi o convidado do programa UNIFENAS Conexão Internacional para abordar o tema “Inteligência de Dados na Medicina e na Vida”. De Lisboa, Portugal, o jornalista William Passos conversou com o professor que estava em Washington, nos Estados Unidos. Ao vivo, pelo YouTube e Instagram, o programa ocorreu no dia 24 de junho e está disponível no YouTube da UNIFENAS.

William, que é correspondente da UNIFENAS na Europa, iniciou a aula relembrando um título da revista inglesa The Economist, que afirma ser a ciência de dados o novo petróleo do mundo. Em seguida apresentou o professor, que tem formação em economia e doutorado em estatística e em ciência de dados. Como o foco do encontro era a área da Medicina, o jornalista aproveitou a oportunidade para destacar que o curso de Medicina da UNIFENAS é referência não só em Minas Gerais, como em todo o Brasil.

A aula foi ministrada no formato de entrevista. Em sua primeira exposição o Dr. Maurício fez referência aos 5 V’s do Big Data: valor, volume, velocidade, variedade e veracidade. Essa combinação, segundo o professor, nos meios mais técnicos é compreendida da seguinte forma: o volume de informações é muito grande graças à tecnologia; a velocidade com que dados podem ser gerados por qualquer pessoa a partir de um celular ocorre em tempo real; a variedade dos dados e as inúmeras variáveis para analisar as mais diversas situações auxiliam na tomada de decisão, com mais precisão e antecipa até mesmo tendências; a veracidade dos dados deve sempre ser comprovada; e o valor que os dados fornecem para a sociedade é enorme.

“O maior objetivo da ciência de dados, de análises de Big Data, incorporando a inteligência artificial, Machine learning [que pode ser compreendido como aprendizado da máquina], é obviamente tornar a vida das pessoas melhor. Seja desenvolver produtos e serviços que são mais adequados para determinados grupos de consumidores; seja oferecer melhores serviços públicos para o cidadão, nos transporte, na saúde, na segurança, na educação; seja fazer com que diagnósticos e tratamento sejam realizados com mais precisão. Então, esse é o grande objetivo de trabalhar com os dados”, disse o professor.

Na aula, Dr. Maurício fala do momento em que vivemos, no qual a quantidade de informação é exponencial e que nos dois últimos anos a humanidade gerou mais informações do que nos últimos dois mil anos. Em aproximadamente 30 minutos, o professor destaca diversos aspectos do uso de dados, sua aplicação na Medicina e em qualquer outra área, inclusive suas implicações éticas quanto ao uso de dados individuais. O endereço do vídeo na Internet é o https://www.youtube.com/watch?v=gd8cu-e36cI.