Notícias

28 de agosto de 2020

Empreendedorismo no UNIFENAS Conexão Internacional


Everton Marques
Ampliar foto
Renato Santos, instrutor Internacional do Empretec, ressaltou a importância de se desenvolver atitudes empreendedoras

Consultor da ONU (Organização das Nações Unidas) e professor de empreendedorismo, Renato Santos, instrutor Internacional do Empretec, considerado o maior programa de formação empreendedora do mundo, ministrou uma aula especial para a comunidade acadêmica da UNIFENAS. Por meio do programa UCI (UNIFENAS Conexão Internacional), conduzido pelo jornalista William Passos, o convidado destacou que atitudes empreendedoras são fundamentais em qualquer profissão e, o mais importante, embora existam pessoas natas no assunto o empreendedorismo pode ser desenvolvido por todos. A integra do programa, que ocorreu no dia 26 de agosto, pode ser acessado pelo YouTube ou pelo Instagram da UNIFENAS.

Ao apresentar o professor, Willian expôs que o Empretec está presente em mais de 40 países e que o Renato Santos atua em outros países levando-o para que mais nações possam se desenvolver. Ao definir o termo empreendedorismo o convidado disse: “O empreendedorismo é a capacidade de realização, capacidade de execução. Empreendedores são aqueles que conseguem tirar os seus sonhos da cabeça e colocar em prática. Empreender é sinônimo de realizar”.

Autor da atual versão do Empretec, aplicado em 47 países, com mais de 500 mil empreendedores, o consultor da ONU disse que Organização identificou que o empreendedorismo é a melhor forma sustentável, ao longo do tempo, de se desenvolver a economia. “Obviamente, uma economia forte é a chave para uma sociedade mais equânime, mais justa, e que oferece mais bem-estar para os seus cidadãos. Por isso passou a ser tão importante para a ONU se dedicar ao desenvolvimento, ao fomento, ao estímulo, ao empreendedorismo em todos esses países em que o programa Empretec está presente.”

Durante a Live, se evidencio que nem todo empresário é empreendedor e que a atitude empreendedora, como já colocada, é a capacidade de realizar. O professor afirmou que quem cunhou o termo empreendedorismo foi o economista austríaco Joseph Schumpeter e que, segundo colocava, o empreendedor é aquele que trabalha hoje, para realizar amanhã o que ele sonhou ontem. Como complementa Renato Santos, são pessoas que possuem a capacidade de moldar o seu próprio futuro, que concretiza o seu próprio sonho. “Todos nós temos sonhos. As pessoas que conseguem realizar são pessoas empreendedoras”, afirma o professor, justificando que isto não é um determinismo mais uma via de regra.

A aula especial com Renato Santos trouxe relatos e experiências empreendedoras de forma a estimular a comunidade acadêmica da UNIFENAS para desenvolver as características de um empreendedor. O professor elencou a persuasão, o estabelecimento de redes de contato, a independência e autoconfiança para colocar as ideias em prática, como algumas dessas características. Elas são necessárias para aqueles que desejam criar um negócio ou se desenvolver enquanto profissionais. “Se você tem medo do que você sonha esse sonho não acontece.”