Farmácia Câmpus Alfenas




Sobre o Curso

  • Duração do curso: 9 semestres
  • Período: Noturno
  • Câmpus: Alfenas
  • Criação: Resolução CAP 9 de 15/12/1988 – Farmácia Industrial e Resolução CAP 3 de 30/07/1996 – Farmácia Bioquímica – Análises Clínicas
  • Reconhecimento: Portaria MEC 1.525 de 21/10/1993, publicada no DOU 22/10/1993, parecer CFE. 490/1993 (Farmácia Industrial).
    Portaria MEC 371 de 19/04/1995, publicada no DOU 20/04/1995, parecer CEE 767/94 (Farmácia - Farmacêutico).
    Decreto nº. 39.649 de 15/06/1998, publicado no “MG” de 16/06/1998 pág. 11 col. 02, parecer CEE 416/1998 (Farmacêutico Bioquímico -Análises Clínicas e Toxicológicas).
  • Renovação de Reconhecimento: Portaria MEC n° 566 de 20 de agosto de 2018
AVALIAÇÃO DO CURSO
CC
MEC
5
ENADE
2016
SC
CPC:
2016
SC


CONTATO
Curso de Farmácia - Câmpus Alfenas
E-mail: farmacia.alfenas@unifenas.br
Telefone: (35) 3299-3128
Endereço: Rodovia MG 179, Km 0, Trevo
Bloco 13
CEP 37132-440

COORDENAÇÃO
Busca do Farmacêutico total

O curso de Farmácia da UNIFENAS forma profissionais capazes de atuar em 78 áreas segundo o Conselho Federal de Farmácia (CFF), exemplos: estética, drogarias, farmácias magistrais, laboratórios clínicos, farmácias hospitalares, indústria farmacêutica, cosmética, e de alimentos.


Campo ilimitado de atuação

Em todas as áreas, o farmacêutico vê-se envolvido com possibilidades múltiplas que, entre outras, incluem, além da assistência e administração, a dispensação e manipulação de medicamentos e cosméticos, controle e garantia da qualidade de medicamentos, alimentos e cosméticos, execução e interpretação de exames sobre as diversas patologias e procedimento de análises toxicológicas. No ambiente hospitalar é o responsável pela padronização e dispensação de medicamentos. Atua na identificação botânica, extração de princípios ativos, produção e controle de qualidade de fitoterápicos e fitofármacos, prescrição de plantas medicinais e na descoberta de futuros fármacos. Na área de saúde estética, o farmacêutico é responsável por estabelecimentos nos quais se utilizam técnicas de natureza estética e recursos terapêuticos para fins estéticos. Este profissional também pode atuar em pesquisas direcionadas à questão ambiental em vários níveis.


Sólida formação profissional

O estudante de Farmácia da UNIFENAS participa de atividades que, além de contribuírem para sua formação, beneficiam a comunidade. Participa também de congressos, palestras, conferências, monitorias e projetos de iniciação científica.


Histórico

O Curso de Farmácia da UNIFENAS – Câmpus de Alfenas foi criado em 1988 (Resolução CAP nº. 009 de 15/12/1988) e reconhecido em outubro de 1993 (Portaria MEC 1.525 de 21/10/1993). Há 30 anos o curso de Farmácia forma profissionais com qualidade, adotando um modelo de ensino-aprendizagem que estimula o desenvolvimento do futuro profissional farmacêutico através de abordagens criativas e inovadoras.
A criação do curso de Farmácia da UNIFENAS aconteceu justamente numa época nacional favorável a mudanças, de um novo modelo de formação profissional com currículo mínimo, centrado no eixo fármaco-medicamento, com o intuito de formar profissionais que atuassem como profissionais da saúde, com grande campo de atuação, dentre elas, a atenção farmacêutica com a orientação à população sobre o uso correto e racional de medicamentos e também nos diversos estabelecimentos farmacêuticos, onde a presença deste profissional é indispensável.


Projeto Pedagógico

O Projeto Pedagógico do Curso de Farmácia da UNIFENAS conduz à formação de um profissional generalista e aborda as ações que aperfeiçoam o ensino farmacêutico para à formação de um profissional compromissados com a melhoria de vida da comunidade.
Os conhecimentos essenciais à formação do profissional farmacêutico são desenvolvidos durante o curso em atividades diversas como: aulas teóricas e práticas, atividades complementares e integradoras, estágios, programas de extensão, ligas universitárias e de iniciação científica, trabalho de conclusão de curso e atividades que simulam o ambiente profissional, com o objetivo de atender as competências e habilidades inerentes à profissão e também as exigências do mercado de trabalho.
Portanto, a UNIFENAS pretende não só preparar seu acadêmico para o mercado de trabalho, mas despertar-lhe uma percepção crítica dos problemas da sociedade, superando a simples transmissão repetitiva de conhecimento e buscando a criação de novas expressões do saber, a partir da realidade e expectativa da sociedade na qual está inserida.


Monitoria

O Programa Institucional de Monitoria compreende um conjunto de atividades acadêmicas exercidas por aluno de graduação e que tem por finalidade contribuir para sua formação integrada. O monitor exerce suas atribuições sob a orientação do professor responsável pela disciplina ou unidade curricular. O exercício da Monitoria pode ser voluntário ou remunerado. A monitoria deverá ser exercida em horário que não coincida com o das disciplinas ou unidades curriculares nas quais o aluno monitor se encontrar matriculado ou com o de outras atividades necessárias à sua formação acadêmica. O Programa possibilita a participação de alunos na iniciação à prática docente, contribuindo para o desenvolvimento de habilidades e competências próprias da atividade pedagógica. Para participar do Programa Institucional de Monitoria da UNIFENAS, consulte o Coordenador do seu curso.


Atividades Complementares

As Atividades Complementares complementam a formação dos estudantes de maneira geral e específica. A coordenação de cada curso relaciona, no início de cada semestre, os eventos e atividades que serão oferecidos para que o aluno possa se programar.
O aluno deverá cumprir até o penúltimo período de seu curso de graduação no mínimo 80% (oitenta por cento) das atividades complementares previstas.
É obrigatória a participação do aluno nas atividades previstas em pelo menos dois dos cinco grupos indicados pela UNIFENAS. Em cada grupo serão permitidos, no máximo, os seguintes percentuais da carga horária curricular para as atividades complementares:
Grupo 1 – ENSINO - 60% da carga horária de Atividades Complementares
Grupo 2 – PESQUISA - 60% da carga horária de Atividades Complementares
Grupo 3 – EXTENSÃO - 60% da carga horária de Atividades Complementares
Grupo 4 – REPRESENTAÇÃO ESTUDANTIL - 20% carga horária de Atividade Complementar
Grupo 5 – OUTRAS ATIVIDADES - 10% da carga horária de Atividades Complementares


Atividades Integradoras

As Atividades Integradoras, consistem em inovações pedagógicas cuja finalidade é alterar a concepção dos cursos, tornando-os mais próximos da relações práticas da vida profissional e da realidade social brasileira. Destinam-se, sobretudo, à atualização curricular – com conteúdos programáticos variáveis – pela incorporação de temas novos e de relevância científica, mas que não se desenvolvem em disciplinas autônomas.
Componentes obrigatórios, essas atividades permitem novas situações que facilitarão o desenvolvimento de competências e habilidades importantes na formação do discente, repercutindo em sua vida profissional. São elas: análise de problemas da sociedade na busca de soluções individuais e/ou coletivas; tomadas de decisões; vivência de situações de liderança; desenvolvimento de perfil empreendedor e comunicação de relações interpessoais, entre outras.


TCC - Trabalho de Conclusão de Curso

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) adotado como um requisito para a formação do aluno é um conjunto de processos de estudo, de pesquisa e reflexão que caracterizará a vida intelectual do aluno. Este estudo objetiva a continuidade garantida da produção de conhecimentos. O aprofundamento da vida científica passará a exigir do estudante uma postura de auto avaliação didática que será, sem dúvida, crítica e rigorosa.
O TCC tem a função de reforçar os conteúdos ministrados aos alunos no decorrer do Curso de Farmácia, na medida em que estes escolhem temas de pesquisa e desenvolvem reflexões relacionadas com os conhecimentos trabalhados nas disciplinas. São pesquisas orientadas e propiciam o desenvolvimento da produção científica.
Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é desenvolvido a partir do 6º período e com apresentação pública no 8º período.


Estágios Curriculares Supervisionados

O Estágio Curricular Supervisionado tem um papel estratégico na formação do aluno como profissional qualificado. É uma etapa importante na formação do estudante por lhe trazer maturidade profissional e técnica, contato com profissionais da área, vivência e convivência com pessoas e a oportunidade de conectar o saber ao fazer.
Colocando em prática a teoria, o discente, em contato com profissionais de sua futura área de atuação, tem a oportunidade de aprimorar sua técnica e de adquirir a maturidade indispensável que, posteriormente, irá qualificá-lo como profissional capacitado
Os estágios do curso de Farmácia são subdivididos em 4 momentos (Estágio I, II, III e IV) sendo desenvolvidos em diversas áreas, tais como: drogarias, farmácias de manipulação, farmácia hospitalar, indústrias químicas, farmacêuticas, cosméticos e de alimentos e em laboratórios de análises clínicas. São acompanhados, ao longo do semestre, por um professor orientador de estágio, que realiza atividades presenciais relacionadas às atividades desenvolvidas no estágio (grupos de discussão, apresentações orais, entre outras).


Perfil do Egresso

O egresso possui formação na área de medicamentos, cosméticos e afins, atuando no desenvolvimento, produção, controle e garantia da qualidade tanto da matéria-prima quanto do produto acabado. Executa, interpreta e garante a qualidade nas análises clínicas e toxicológicas. Desenvolve os procedimentos necessários para a análise e o controle da qualidade de alimentos. Este é um profissional compromissado com a sociedade, capaz de atuar técnica e criticamente no desenvolvimento, manipulação, dispensação e uso correto dos medicamentos, bem como no planejamento e gerenciamento da assistência farmacêutica individual, coletiva e na saúde pública, sendo parte integrante de equipes multiprofissionais de saúde.
O egresso de Curso de Farmácia da UNIFENAS é um profissional com amplo conhecimento científico, capacitação técnica e habilidades para definição, promoção e aplicação de políticas de saúde, respeitando a legislação vigente e os princípios éticos da profissão.


Portal do Egresso


Pesquisa

Com a pesquisa consegue-se uma educação rica em oportunidades para se fazer diferente. A pesquisa incorpora necessariamente a prática ao lado da teoria. Por isso, integrada ao ensino e à extensão, a pesquisa na UNIFENAS é pensada como forma de proporcionar e orientar o desenvolvimento institucional, criando interfaces com as questões sociais.
A participação dos alunos do Curso de Farmácia em projetos de pesquisa ocorre em diversos setores da UNIFENAS, sobretudo atuam em linhas de pesquisas nos Laboratórios de Biologia e Fisiologia de Micro-organismos, Genética, Doenças Parasitárias e Saúde Pública, Análises Bromatológicas e Microbiológicas de Alimentos e Controle de Qualidade Físico-químico e Microbiológico de Insumos, Medicamentos e Alimentos.


Página de Pesquisa e Pós-graduação Unifenas
Tutorial de utilização do portal da CAPES
Tutorial de utilização de bibliotecas virtuais em Saúde (Parte I)
Tutorial de utilização de bibliotecas virtuais em Saúde (Parte II)

Extensão

As ações de extensão do curso de Farmácia são significativas e acontecem durante todo o ano por meio de projetos, cursos, simpósios, campanhas, eventos e prestação de serviços, muitas vezes com parcerias importantes como o Conselho Regional de Farmácia de Minas Gerais CRF/MG e FAPEMIG.
A criação de projetos de extensão e eventos inicia-se em sala de aula, pelos próprios alunos, que, orientados por seus professores, estruturam e executam as ações sustentáveis e empreendedoras. Estas atuações apresentam características variadas, sendo sempre muito bem fundamentadas para que percebam sua importância e verifiquem um aprendizado mútuo entre a comunidade e o acadêmico.
A seguir são listadas algumas destas ações:
Ações realizadas pelo curso de Farmácia:
• Orientações quanto ao uso correto de agrotóxicos (comunidade rural)
• Orientações sobre Parasitoses (informações à comunidade e em escolas municipais e estaduais)
• CONFARMA – Congresso do Curso de Farmácia da UNIFENAS
• CAPACIFAR – Curso de Capacitação do CRF/MG
• Simpósio da Liga de Atenção Farmacêutica
• Simpósio da Liga de Toxicologia
• WORKFARMA (apresentação do desenvolvimento de medicamentos e cosméticos)
• Feiras de saúde
• Acompanhamento farmacoterapêutico
• HACKATHON
Liga de Atenção Farmacêutica
A Liga de Atenção Farmacêutica realiza ações importantes para a população de Alfenas e região como:
• Palestras informativas;
• Acompanhamento farmacoterapêutico individual;
• Farmácia Clínica no HUAV;
• Feiras de saúde;
• Campanha sobre o Uso Racional de Medicamentos;
• Campanha Higiene Pessoal;
• Campanha do descarte correto de medicamentos.
A Liga de Toxicologia realiza ações importantes para a população de Alfenas e região como:
• Participações nos Núcleos de Apoio ao Projeto Plantando e Colhendo Saúde (Conceição Aparecida, Divisa Nova e Carmo do Rio Claro)
• Exames clínicos e laboratoriais no diagnóstico de intoxicações por praguicidas;
• Verificação de função pulmonar para detecção de perda de força decorrente do uso de praguicidas e tabaco;
• Cursos de capacitação para profissionais de saúde quanto à atenção primária à saúde de trabalhadores rurais;
• Simpósio do Projeto Plantando e Colhendo Saúde;
• Diversas ações envolvendo conhecer o abuso de drogas, bem como intervenções para diminuir este uso;
• Orientação quanto aos alimentos que contenham carcinógenos químicos;
• Pesquisas envolvendo todas as áreas da toxicologia, principalmente no potencial de genotoxicidade de substâncias químicas.


Página da Extensão Universitária


Laboratórios

Curso de Farmácia da Unifenas possui infraestrutura de qualidade, com equipamentos e instalações adequadas às praticas biológicas, químicas e farmacêuticas além de contar com laboratórios nas seguintes áreas:
• Laboratório de Morfologia
• Laboratório de Parasitologia e Genética
• Laboratório de Microbiologia e Imunologia
• Laboratório de Morfologia
• Laboratório de Parasitologia e Genética
• Laboratório de Microbiologia e Imunologia
• Laboratório de Farmacobotânica e Farmacognosia
• Laboratório de Fisiologia e Farmacologia
• Centro Anatômico
• Laboratório de Patologia
• Laboratórios Multidisciplinares I e II
• Laboratório de Análises Físico-Químicas
• Laboratório de Manipulações Farmacêuticas
• Laboratório de Saneantes e Domissanitários
• Laboratório de Análises Clínicas
• Laboratório Farmacêutico Industrial
• Laboratório de Controle de Qualidade Biológico e Microbiológico
• Laboratório de Controle de Qualidade Físico-Químico
• Laboratório de Análise de Alimentos


Laboratórios de Informática

Os laboratórios de informática estão disponíveis aos estudantes como ferramenta de apoio ao ensino, à pesquisa e à extensão. São equipados com computadores cujas configurações atendem plenamente às necessidades dos cursos. Softwares e aplicativos específicos simulam situações que o estudante vivenciará no exercício de sua profissão. Os laboratórios são conectados à Internet à qual garante livre acesso aos seus usuários.


Próximos Eventos

Notícias

Previous Next
Previous Next
Previous Next

Vídeos