Educação Física Câmpus Alfenas




Sobre o Curso

  • Duração do curso: 8 semestres
  • Período: Noturno
  • Câmpus: Alfenas
  • Criação: Resolução CUEPE nº. 04 de 18/10/2006 da Universidade do José do Rosário Vellano
  • Reconhecimento: Portaria MEC nº. 581 de 12/11/2013, publicada no DOU em 13/11/2013.
  • Renovação de Reconhecimento: Portaria MEC nº. 824 de 30/12/2014, publicada no DOU em 02/01/2015.
AVALIAÇÃO DO CURSO
ENADE
2016
3
CPC:
2016
4
CC:
MEC
4


CONTATO
Curso de Educação Física - Câmpus Alfenas
E-mail: educacaofisica.alfenas@unifenas.br
Telefone: (35) 3299-3198
Endereço: Rodovia MG 179, Km 0, Trevo
Bloco 03 A
CEP 37132-440

COORDENAÇÃO
A profissão do futuro

Trabalhando com os pilares Saúde e Educação pelo movimento, o curso de Educação Física contempla uma formação humana, científica, técnica e ética. Tem como objeto de estudo e de aplicação o movimento humano e suas possibilidades, permitindo ao bacharel o desenvolvimento de ações relacionadas à orientação de exercícios físicos, à coordenação técnica e tática de esportes e à implementação de programas de recreação e lazer, saúde e reabilitação.


Área de atuação muito ampla

O profissional bacharel em Educação Física tem como principais áreas de atuação, academias, hospitais, salas de ginásticas, clubes recreativos, hotéis, clubes esportivos, acampamentos, centros de treinamento esportivo de alto nível, equipes de PSF, spas, empresas e no atendimento a grupos especiais. Tendo como característica o aprofundamento nas temáticas aptidão física e saúde, o profissional poderá atuar como personal trainer. A carreira universitária é mais uma opção real e bastante acessível a este profissional.


UNIFENAS faz a diferença

A UNIFENAS conta com modernas salas de ginástica, laboratórios de avaliação física e fisiologia, ginásio e quadras poliesportivas, campo de futebol, pista de atletismo, academia de ginástica e musculação, piscina coberta e aquecida e moderno centro anatômico. A essa invejável estrutura física, gerida por equipes multiprofissionais, acrescentam-se um grande número de projetos de extensão, vagas de estágios e a excelência do corpo docente.


Histórico

O curso de Educação Física da UNIFENAS surgiu da necessidade regional e nacional de profissionais atuantes na promoção da saúde em uma universidade com aproximadamente 40 anos de experiência, com vocação à saúde, fato que possibilita várias ações interdisciplinares, permitindo uma experiência prática importante.
O curso está direcionado à educação para a saúde, com o objetivo de atender às necessidades de um profissional que busca uma visão ampla sobre sua formação, preparado para atuar individualmente ou em equipe multiprofissional.
Em 2007 o curso iniciou seus trabalhos, tendo sempre uma atuação marcante e diferenciada na área da saúde, promovendo atividades de extensão, com inovação e desenvolvimento criativo dos alunos na integração com a comunidade.
O curso de Educação Física vem se consolidando dia a dia nas comunidades acadêmica e externa.


Projeto Pedagógico

O projeto pedagógico do curso atende às Diretrizes Curriculares Nacionais e representa a concretização de objetivos estratégicos decorrentes da análise dos cenários e perspectivas da região onde está inserido.
Sua concepção, implantação e execução representam uma ruptura com o modelo tradicional de ensino. A aliança entre a teoria e a prática, a interação ensino, pesquisa e extensão e o compromisso com a interdisciplinaridade demonstram a verdadeira razão de sua existência. Sua matriz curricular foi criteriosamente definida para oferecer condições de atuação na prevenção, promoção e reabilitação da saúde, de maneira multi e interdisciplinar.
A elaboração do projeto pedagógico foi embasada em princípios educacionais que consideram a educação um instrumento de transformação social, preparando o indivíduo para o mundo do trabalho e desenvolvendo sua consciência crítica frente aos problemas da sociedade.


Monitoria

O Programa Institucional de Monitoria compreende um conjunto de atividades acadêmicas exercidas por aluno de graduação e que tem por finalidade contribuir para sua formação integrada. O monitor exerce suas atribuições sob a orientação do professor responsável pela disciplina ou unidade curricular. O exercício da Monitoria é voluntário e pode ser remunerado. A monitoria deverá ser exercida em horário que não coincida com o das disciplinas ou unidades curriculares nas quais o aluno monitor se encontrar matriculado ou com o de outras atividades necessárias a sua formação acadêmica. O Programa possibilita a participação de alunos na iniciação à prática docente, contribuindo para o desenvolvimento de habilidades e competências próprias da atividade pedagógica. Para participar do Programa Institucional de Monitoria da UNIFENAS, consulte o Coordenador do seu curso.


Atividades Complementares

As Atividades Complementares complementam a formação dos estudantes de maneira geral e específica. A coordenação de cada curso relaciona, no início de cada semestre, os eventos e atividades que serão oferecidos para que o aluno possa se programar.
O aluno deverá cumprir até o penúltimo período de seu curso de graduação no mínimo 80% (oitenta por cento) das atividades complementares previstas.
É obrigatória a participação do aluno nas atividades previstas em pelo menos dois dos cinco grupos indicados pela UNIFENAS. Em cada grupo serão permitidos, no máximo, os seguintes percentuais da carga horária curricular para as atividades complementares:
Grupo 1 – ENSINO - 60% da carga horária de Atividades Complementares
Grupo 2 – PESQUISA - 60% da carga horária de Atividades Complementares
Grupo 3 – EXTENSÃO - 60% da carga horária de Atividades Complementares
Grupo 4 – REPRESENTAÇÃO ESTUDANTIL - 20% carga horária de Atividade Complementar
Grupo 5 – OUTRAS ATIVIDADES - 10% da carga horária de Atividades Complementares


Atividades Integradoras

As Atividades Integradoras, consistem em inovações pedagógicas cuja finalidade é alterar a concepção dos cursos, tornando-os mais próximos da relações práticas da vida profissional e da realidade social brasileira. Destinam-se, sobretudo, à atualização curricular – com conteúdos programáticos variáveis – pela incorporação de temas novos e de relevância científica, mas que não se desenvolvem em disciplinas autônomas.
Componentes obrigatórios, essas atividades permitem novas situações que facilitarão o desenvolvimento de competências e habilidades importantes na formação do discente, repercutindo em sua vida profissional. São elas: análise de problemas da sociedade na busca de soluções individuais e/ou coletivas; tomadas de decisões; vivência de situações de liderança; desenvolvimento de perfil empreendedor e comunicação de relações interpessoais, entre outras.


Trabalho de Curso

O Trabalho de Curso, é um componente curricular exigido como uma atividade síntese. Este Trabalho é um conjunto de processos de estudo, de pesquisa e reflexão com aplicação de conhecimentos científicos e tecnológicos adquiridos pelo estudante. Este estudo objetivará a continuidade garantida da produção de conhecimentos. O aprofundamento da vida científica passará a exigir do estudante uma postura de autoavaliação didática que será, sem dúvida, crítica e rigorosa. O TC é desenvolvido durante os dois últimos períodos do curso, com acompanhamento e orientação de um dos professores do curso e conta com Regulamento próprio.


Estágios Curriculares Supervisionados

Os estágios Curriculares Supervisionados têm um papel estratégico na formação do aluno como profissional qualificado.
Colocando em prática a teoria, o discente, em contato com profissionais de sua futura área de atuação, tem a oportunidade de aprimorar sua técnica e de adquirir a maturidade indispensável que, posteriormente, irá qualificá-lo como profissional capacitado.
Os estágios são desenvolvidos do 5º ao 8º período, em diversas áreas. São acompanhados, ao longo do semestre, por um professor orientador de estágio, que realiza atividades presenciais relacionadas às atividades desenvolvidas no estágio (grupos de discussão, apresentações orais, entre outras).
Os estágios curriculares supervisionados podem ser cumpridos em academias, clubes, hotéis, spas, secretarias de esportes e saúde, postos de saúde, clínicas, locais estes conveniados com a UNIFENAS.


Perfil do Egresso

O curso de Educação Física da UNIFENAS visa formar profissionais com perfil generalista, humanista e crítico, sempre fundamentados no rigor científico e na conduta ética.
Sua atuação tem por objetivo a segurança na aplicação de exercícios físicos para a promoção, proteção, prevenção e reabilitação da saúde, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da população. Entrelaça a responsabilidade social e o compromisso com a cidadania, analisando os problemas e procurando soluções, sempre como promotor de uma vida mais ativa e saúde integral do ser humano.


Portal do Egresso


Pesquisa

Com a pesquisa consegue-se uma educação rica em oportunidades para se fazer diferente. A pesquisa incorpora necessariamente a prática ao lado da teoria. Por isso, integrada ao ensino e à extensão, a pesquisa na UNIFENAS é pensada como forma de proporcionar e orientar o desenvolvimento institucional, criando interfaces com as questões sociais.
A prática da pesquisa incentiva o corpo discente e docente a não só observar a realidade, mas também com ela dialogar e sobre ela agir.
No curso de Educação Física da UNIFENAS há, estruturado, um grupo de pesquisa – Atividade Física e Saúde – que orienta o desenvolvimento de projetos de iniciação científica.
O aluno poderá concorrer a bolsas de iniciação científica do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PROBIC/ UNIFENAS) e bolsas de Iniciação Científica (PIBIC / CNPq e FAPEMIG).
Dentre os projetos de pesquisa desenvolvidos, destacam-se:
- Correlação da natação com hipertrofia cardíaca.
- Correlação da testosterona e EPO com hipertrofia cardíaca.
- Influência da atividade física na saúde


Página de Pesquisa e Pós-graduação Unifenas
Tutorial de utilização do portal da CAPES
Tutorial de utilização de bibliotecas virtuais em Saúde (Parte I)
Tutorial de utilização de bibliotecas virtuais em Saúde (Parte II)

Extensão

As ações de extensão do curso de Educação Física são significativas e acontecem durante todo o ano por meio de projetos, cursos, eventos e prestação de serviços, muitas vezes com parcerias importantes.
A criação de projetos de extensão e eventos inicia-se em sala de aula, pelos próprios alunos, que, orientados por seus professores, estruturam e executam as ações. Estas ações apresentam características variadas, que vão desde a recreação até a avaliação física, sendo sempre muito bem fundamentadas para que os alunos e comunidade em geral percebam sua importância.
A seguir são listadas algumas destas ações:
- Simpósios de Educação Física (I, II e III)
- Caminhada Ecológica
- Unifenas na Comunidade (Alfenas e região)
- Ciclos de Palestras
- Copa Sul Minas de Mountain Bike
- Sacode a Praça
- Agita Alfenas
- EMMI- Encontro Municipal da Melhor Idade
- Sábado na Praça
- Copa Minas Gerais de Natação
- Comemorações do Dia do Trabalhador - SESI
- Feiras de Profissões
- Mini Curso Estimulação Motora na Educação Infantil
- Projeto: Transbordando Saúde
- Projeto: Educação em Ação
- Projeto: Conhecendo seu Corpo – programa de avaliação física e antropométrica.
- Projeto: Construindo Conhecimento – desenvolvimento de software para a Educação Física


Página da Extensão Universitária


Laboratórios

O curso conta com laboratórios básicos e especializados que se destinam à realização das atividades práticas necessárias ao desenvolvimento de competências e habilidades essenciais à formação do profissional de Educação Física.
São eles:
- Laboratório Multidisciplinar de Educação Física
- Práticas Esportivas I
- Práticas Esportivas II
- Laboratório de Recreação e Lazer
- Atletismo
- Práticas Aquáticas
- Laboratório de Musculação
- Laboratório de Avaliação Nutricional e Física
- Laboratório de Fisiologia e Farmacologia
- Laboratório Multidisciplinar de Bioquímica
- Laboratório de Fisiologia do Exercício, Cinesiologia e Biomecânica
- Centro Anatômico II


Laboratórios de Informática

Os laboratórios de informática estão disponíveis aos alunos como ferramenta de apoio ao ensino, à pesquisa e à extensão. São equipados com computadores cujas configurações atendem plenamente às necessidades dos cursos. Softwares e aplicativos específicos simulam situações que o aluno vivenciará no exercício de sua profissão. Os laboratórios são conectados à Internet à qual garante livre acesso aos seus usuários.


Próximos Eventos

Notícias

Previous Next
Previous Next
Previous Next

Vídeos