Psicologia Câmpus Alfenas




Sobre o Curso

  • Duração do curso: 10 semestres
  • Período: Noturno
  • Câmpus: Alfenas
  • Criação: Decreto Federal nº 89.004 de 15/11/1983, publicado no DOU de 18/11/1983 pág. 19475
    Parecer do CEE 372/76. Resolução 7/74 (11/12/1974)
  • Reconhecimento: Portaria MEC 554 de 17/11/1988, publicado no DOU 18/11/1988, pág 22.292
    Parecer do CFE nº. 846/1988
  • Renovação de Reconhecimento: Portaria SERES/MEC nº 273 de 03/04/2017
    Publicado no DOU de 03/04/2017 pág. 142

AVALIAÇÃO DO CURSO
ENADE 2015
3
CPC 2015
3
CC MEC
4


CONTATO
Curso de Psicologia - Câmpus Alfenas
E-mail: psicologia.alfenas@unifenas.br
Telefone: (35) 3299-3175
Endereço: Rodovia MG 179, Km 0, Trevo
Bloco 06
CEP 37132-440

Visão moderna de educação

O curso de Psicologia da UNIFENAS – pioneiro no sul de Minas – apresenta um processo pedagógico que, fundamentado na dinâmica ação-reflexão-ação, reformula a sequência tradicional teoria/prática na produção do conhecimento. Assim, possibilita o desenvolvimento de indivíduos capazes de resolver problemas, tomar decisões e aprender a aprender.


Introdução pela interdisciplinidade

Organizado em módulos, que têm como eixo estruturante o ciclo vital, o curso é fundamentado na interdisciplinaridade, ou seja, na integração das dimensões psicológica, social, biológica, ecológica e político-social. Em cada módulo estão inseridos, entre outros, os conteúdos de Neuronatomia, Neurofisiologia, Antropologia Cultural, Sociologia, Bioestatística, História da Psicologia Geral, Psicologia Experimental, Teoria de Avaliação Psicológica, Teorias e Técnicas Psicoterápicas e Epidemiologia em saúde mental.


Inserção total na comunidade

Como a inserção do graduando na comunidade é prioridade do Curso, a ele são oferecidos múltiplas atividades relativas à psicologia que vão além da Clínica-Escola, fóruns, congressos, trabalhos de orientação vocacional e elaboração de sentimentos e emoções do cidadão por meio da arte cinematográfica, entre outros.


Histórico

O Curso de Psicologia foi criado em fevereiro de 1983, por meio do Decreto Federal nº. 89.004 de 15/11/1983. Teve seu Reconhecimento em 17 de novembro de 1988, por meio da Portaria MEC 554, Parecer do CFE 846/1988.
A idealização de criação de um Curso de Psicologia na UNIFENAS surge a partir da observação e análise vivenciada pelos cursos das áreas de saúde e humanas, verificando a grande demanda de psicólogos atuantes em instituições públicas e privadas para atender ao município e região.
Pioneiro no sul de Minas – apresenta um processo pedagógico, fundamentado na dinâmica ação-reflexão-ação, que reformula a seqüência tradicional teoria/prática na produção do conhecimento. Assim, possibilita o desenvolvimento de indivíduos capazes de resolver problemas, tomarem decisões e aprender a aprender.


Projeto Pedagógico

O curso de Psicologia da Universidade "José do Rosário Vellano" tem como eixo orientador o ciclo vital promovendo a formação integral do educando e sua capacitação ao exercício profissional, incentivando o aprendizado contínuo, a atuação solidária, para o desenvolvimento da sociedade por meio de competências e habilidades essenciais no atual contexto das diretrizes curriculares nacionais do curso.
O projeto pedagógico do Curso de Psicologia da Universidade José do Rosário Vellano, atende as Diretrizes Curriculares Nacionais (CNE/CES n. 8 de 07.05.2004).


Monitoria

O Programa Institucional de Monitoria compreende um conjunto de atividades acadêmicas exercidas por aluno de graduação e que tem por finalidade contribuir para sua formação integrada. O monitor exerce suas atribuições sob a orientação do professor responsável pela disciplina ou unidade curricular. O exercício da Monitoria pode ser voluntário ou remunerado. A monitoria deverá ser exercida em horário que não coincida com o das disciplinas ou unidades curriculares nas quais o aluno monitor se encontrar matriculado ou com o de outras atividades necessárias à sua formação acadêmica. O Programa possibilita a participação de alunos na iniciação à prática docente, contribuindo para o desenvolvimento de habilidades e competências próprias da atividade pedagógica. Para participar do Programa Institucional de Monitoria da UNIFENAS, consulte o Coordenador do seu curso.


Atividades Complementares

As Atividades Complementares complementam a formação dos estudantes de maneira geral e específica. A coordenação de cada curso relaciona, no início de cada semestre, os eventos e atividades que serão oferecidos para que o aluno possa se programar.
O aluno deverá cumprir até o penúltimo período de seu curso de graduação no mínimo 80% (oitenta por cento) das atividades complementares previstas.
É obrigatória a participação do aluno nas atividades previstas em pelo menos dois dos cinco grupos indicados pela UNIFENAS. Em cada grupo serão permitidos, no máximo, os seguintes percentuais da carga horária curricular para as atividades complementares:
Grupo 1 – ENSINO - 60% da carga horária de Atividades Complementares
Grupo 2 – PESQUISA - 60% da carga horária de Atividades Complementares
Grupo 3 – EXTENSÃO - 60% da carga horária de Atividades Complementares
Grupo 4 – REPRESENTAÇÃO ESTUDANTIL - 20% carga horária de Atividade Complementar
Grupo 5 – OUTRAS ATIVIDADES - 10% da carga horária de Atividades Complementares


Atividades Integradoras

As Atividades Integradoras, consistem em inovações pedagógicas cuja finalidade é alterar a concepção dos cursos, tornando-os mais próximos da relações práticas da vida profissional e da realidade social brasileira. Destinam-se, sobretudo, à atualização curricular – com conteúdos programáticos variáveis – pela incorporação de temas novos e de relevância científica, mas que não se desenvolvem em disciplinas autônomas.
Componentes obrigatórios, essas atividades permitem novas situações que facilitarão o desenvolvimento de competências e habilidades importantes na formação do discente, repercutindo em sua vida profissional. São elas: análise de problemas da sociedade na busca de soluções individuais e/ou coletivas; tomadas de decisões; vivência de situações de liderança; desenvolvimento de perfil empreendedor e comunicação de relações interpessoais, entre outras.


Estágios Curriculares Supervisionados

Os estágios Curriculares Supervisionados têm um papel estratégico na formação do aluno como profissional qualificado.
Colocando em prática a teoria, o discente, em contato com profissionais de sua futura área de atuação, tem a oportunidade de aprimorar sua técnica e de adquirir a maturidade indispensável que, posteriormente, irá qualificá-lo como profissional capacitado
O estágio supervisionado do Curso de Psicologia é oferecido na CLEPSI – Clínica Escola de Psicologia, no Serviço de Psicologia Hospitalar do Hospital Universitário Alzira Velano bem como Escolas, Creches, CAPs e Residências Terapêuticas e outras entidades públicas e privadas conveniadas.
São 760 (setecentos e sessenta) horas de Estágio Curricular Supervisionado, distribuídas em: Estágio Supervisionado Básico I e II (5º e 6º períodos) _ 200horas e Estágio Supervisionado Formação de Psicólogo I, II, III e IV ( 7º ao 10º períodos) – 560horas.
As ênfases de estágio estão divididas em: Educação em Comunidade, Trabalho e Comunidade e Saúde e Comunidade.



Perfil do Egresso

O Curso de Psicologia forma o egresso/profissional habilitado a atuar no exercício da profissão de psicólogo nas diferentes áreas, nos diferentes contextos, na produção e difusão do conhecimento, em diversas áreas da ciência psicológica, tendo a prática clínica, social, educacional e organizacional como base obrigatória de sua formação e identidade profissional adquirida a partir de uma formação generalista.
Profissional com competência técnica gerencial para se aprovar em concursos públicos da região, do estado e da união naquilo que se refere à prática profissional de habilidades clínicas ou de saúde psicológica na comunidade.


Portal do Egresso


Pesquisa

Com a pesquisa consegue-se uma educação rica em oportunidades para se fazer diferente. A pesquisa incorpora necessariamente a prática ao lado da teoria. Por isso, integrada ao ensino e à extensão, a pesquisa na UNIFENAS é pensada como forma de proporcionar e orientar o desenvolvimento institucional, criando interfaces com as questões sociais.
A prática da pesquisa incentiva o corpo discente e docente a não só observar a realidade, mas também com ela dialogar e sobre ela agir.


Página de Pesquisa e Pós-graduação Unifenas
Tutorial de utilização do portal da CAPES
Tutorial de utilização de bibliotecas virtuais em Saúde (Parte I)
Tutorial de utilização de bibliotecas virtuais em Saúde (Parte II)

Extensão

As ações de extensão do curso de Psicologia são significativas e acontecem durante todo o ano por meio de projetos, cursos, eventos e prestação de serviços, muitas vezes com parcerias importantes.


Página da Extensão Universitária


Laboratórios

O curso conta com laboratórios básicos e especializados que se destinam à realização das atividades práticas necessárias ao desenvolvimento de competências e habilidades essenciais à formação do profissional de Psicologia.
São eles:
- Centro Anatômico I e II
- Laboratório de Psicologia Experimental
- Laboratório de Práticas e Vivências Grupais


Laboratórios de Informática

Os laboratórios de informática estão disponíveis aos estudantes como ferramenta de apoio ao ensino, à pesquisa e à extensão. São equipados com computadores cujas configurações atendem plenamente às necessidades dos cursos. Softwares e aplicativos específicos simulam situações que o estudante vivenciará no exercício de sua profissão. Os laboratórios são conectados à Internet à qual garante livre acesso aos seus usuários.


Próximos Eventos

Notícias

Previous Next
Previous Next
Previous Next

Vídeos