Notícias

4 de agosto de 2021

Aplicativo traz informações de palmeiras usadas no paisagismo

Ferramenta digital permite conhecer as espécies e obter informações úteis para interessados no tema


Everton Marques
Ampliar foto
Patrícia Carolina responsável pelo desenvolvimento do AppPALMEIRAS

O Brasil possui mais de 250 espécies nativas de palmeiras. Sua variedade permite ao homem utilizá-las, por exemplo, no paisagismo, na produção de artigos de bijuterias, na indústria alimentícia e em outras áreas econômicas. Para quem deseja conhecer um pouco mais dessas plantas e o seu uso paisagístico, há um banco de imagens e informações disponível no aplicativo AppPALMEIRAS. Ele foi desenvolvido por pesquisadores da UNIFENAS, por meio do PROJETOPALMEIRAS.

O aplicativo permite a busca pelo nome popular ou científico da planta. Uma vez iniciada a pesquisa, é apresentado ao usuário fotos da palmeira, a descrição de suas características, região onde é mais comum, bem como a sua utilização. “Essas informações específicas sobre as palmeiras podem auxiliar tanto para uso domiciliar, como para as floriculturas e envolvidos com a jardinagem”, disse Patrícia Carolina de Souza Pereira, responsável pelo projeto.

Para se chegar ao AppPALMEIRAS antes foi desenvolvido o software PROJETOPALMEIRAS. Este software é um sistema web que contem uma biblioteca com as diversas espécies de palmeiras brasileiras e por meio do qual os administradores atualizam e disponibilizam as informações do banco de dados no aplicativo. Patrícia Carolina, que é graduada em Ciência da Computação, com especialização em Metodologia do Ensino na Educação Superior, mestre em Sistemas de Produção na Agropecuária, professora universitária e programadora da UNIFENAS Digital, resume que o software é um ambiente destinado à adição e edição do conteúdo do APP.

Registrado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, com o título de PROJETOPALMEIRAS APPPALMEIRAS, a criação do software contou com a orientação do prof. Paulo Roberto Corrêa Landgraf, doutor em Agronomia e coordenador do curso de Agronomia da UNIFENAS. Já o planejamento e desenvolvimento teve a participação do desenvolvedor de sistemas Marcelo de Lima Gomes, egresso do curso de Ciência da Computação da Universidade. “Um registro de software é um reconhecimento de ter desenvolvido algo que não existe, ou seja, é inédito, útil para a sociedade e aplica a tecnologia em outra área”, afirmou a responsável.

O PROJETOPALMEIRAS APPPALMEIRAS é resultado do mestrado em Sistemas de Produção na Agropecuária da profa. Patrícia Carolina. O aplicativo está no processo de atualização e assim que concluído será disponibilizado ao público.