Notícias

16 de agosto de 2021

ABMES entrega Prêmio TOP Educacional Professor Mário Palmério

Projeto que acompanha famílias rurais do sul de Minas expostas a agrotóxicos recebe menção honrosa


Everton Marques
Ampliar foto
Professora Alessandra Cristina Pupin Silvério, coordenadora do “Projeto Plantando e Colhendo Saúde”, e a professora Débora Guerra, vice-presidente da ABMES

Anualmente a Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) identifica e divulga ações consideradas inovadoras em diversas áreas do campo da educação, por meio do Prêmio TOP Educacional Professor Mário Palmério. Em 2021 a premiação chegou à sua 24ª edição e o “Projeto Plantando e Colhendo Saúde” da Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS) recebeu menção honrosa.

A professora Alessandra Cristina Pupin Silvério, coordenadora do projeto, participou da solenidade de premiação virtual, que é parte da programação de comemoração aos 39 anos de fundação da ABMES. Para ela, representar a UNIFENAS no prêmio que leva o nome de um dos fundadores da Associação “significou grande emoção, sabendo do papel do professor [Mário Palmério] na educação e formação de profissionais capacitados”.

Desenvolvido com famílias rurais do sul de Minas, o “Plantando e Colhendo Saúde” contribui com a prevenção e diagnóstico de casos de intoxicação por agrotóxicos. A data de fundação do projeto é de 2016, mas já em 2012, em parceria com a Emater e secretarias municipais de saúde, realizava os primeiros exames de colinesterase com os trabalhadores rurais do Distrito do Barranco Alto, em Alfenas-MG.

Na cerimônia de premiação conduzida pela professora Débora Guerra, vice-presidente da ABMES, além da UNIFENAS, também recebeu a menção honrosa o “Projeto Consultoria Estratégica de Negócios - CEN”, da Strong Business School e o vencedor foi o projeto “Eight: Aprendendo de forma criativa e passando adiante em oito minutos”, da Universidade de Brasília (UnB).

Esta edição contou com 101 projetos que se enquadraram no regulamento do prêmio. Ao parabenizar os três projetos de destaque o professor Edson Franco, membro da comissão julgadora, lembrou o professor e pensador Alceu Amoroso Lima: “O passado não é aquilo que passa, é aquilo que fica do que passou”. E complementou: “Esta é a verdade da nossa vida”.

Celso Niskier, presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior, ressaltou a satisfação pela fala do professor Edson Franco. Ele compreende que quase um quarto de século de realização demonstra que o prêmio “ficou” e é o reconhecimento de boas práticas. “Tenho certeza que esses mais de 100 trabalhos, e esses três homenageados, eles mostram que o nosso setor está sintonizado com o futuro. Está sintonizado com a inovação”, disse o presidente.

O evento de premiação ocorreu durante o Seminário Virtual “Retorno às aulas presenciais: o que querem os alunos”. Nele a Educa Insights apresentou a pesquisa em que 55% dos estudantes do ensino superior preferem a manutenção de aulas remotas, com retorno parcial da presencialidade. Detalhes deste estudo podem ser obtidos no site da ABMES.