Notícias

17 de abril de 2022

Universitários unidos por uma Páscoa “mais doce”

Atividade trabalha a responsabilidade social


Everton Marques
Ampliar foto
Os ovos de páscoa foram produzidos no laboratório do curso de Gastronomia

Estudantes de Direito, Gastronomia e Medicina da UNIFENAS colocaram, literalmente, a mão no chocolate, por meio da campanha Páscoa Solidária. No laboratório do curso de Gastronomia, eles mesmos produziram ovos de páscoa com a proposta de adoçar um pouco mais o dia das crianças da Apae de Alfenas, do CEMEI Pedro Paulo (Centro Municipal de Educação Infantil), e de filhos dos recuperandos da APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados). O ato de responsabilidade social foi incentivado pelas Atléticas dos três cursos e pelas ATEX (Atividades de extensão).

Os estudantes sentiram-se como em uma pequena linha de produção. Mãos firmes para picar as barras de chocolate, atenção à temperatura para o derretimento, habilidade para colocar na forma, paciência para o tempo de desenformar, destreza para embalar. Em cada parte do processo para a confecção dos ovos de chocolate, eles contaram com a orientação do Chef Rodrigo Terra, professor do curso de Gastronomia. “Eu vejo a empolgação de cada aluno em trazer sua motivação na produção, movido também pela caridade, trazendo esse lado humanizado das pessoas. É uma coisa simples, mas que é gratificante”, afirmou o professor.

A “doce experiência” nasceu do desejo de contribuir para tornar mais completa a Páscoa de muitas crianças. A festividade da Páscoa, que para o cristianismo comemora a ressurreição de Jesus Cristo, permitiu aos universitários renovar o compromisso social de fazer diferença na vida de alguém.

Késia Porto, aluna de Direito, disse que participar da campanha foi extremamente significante, principalmente se considerarmos que muitas famílias não têm condições financeiras de comprar ovos de páscoa. “Esse ano podemos levar uma Páscoa mais doce para mais de 300 crianças do nosso município". A também aluna do Direito, Samanta Daniela Borges, complementou: “Essa ação solidária da Páscoa é uma ação de efeito imediato muito bonita de ser vista e vivida também, porque muitas das crianças nunca receberam um ovo de páscoa e talvez fossem ficar sem um este ano”.

Nas palavras de quem participou a experiência só trouxe momentos positivos. “Eu gosto muito dessa parte de ajudar as pessoas. Então, é uma atividade muito enriquecedora, a gente mostrar um pouco da cozinha e depois levar tudo para as crianças”, expôs Mariana Figueiredo, aluna de Gastronomia do 5º período e integrante da Atlética do curso.

Jairo Pereira, aluno do curso de Direito, destacou que, enquanto estudantes, eles ficaram tão contentes quanto as crianças que receberam a doação. “É muito gratificante para nós vermos o outro sorrir e saber que o motivo daquele sorriso é essa ação”. A aluna de Medicina, do 1º período, Ana Luiza Barros, afirmou: “Fazer a Páscoa delas um pouquinho mais feliz é muito gratificante”.

Para que a ação ocorresse, os organizadores contaram com o apoio de estudantes, professores e empresários que doaram barras de chocolate e recursos financeiros para comprá-las. Além do Chef que ajudou na produção dos ovos, da ATEX 1º período de Medicina estiveram envolvidos as professoras Gérsika Bitencourt Santos Barros e Danielly Beraldo dos Santos Silva; do Direito, a professora Nivalda de Lima Silva, responsável pela atividade de extensão do 3º período, e o professor Nairo José Borges Lopes, da Atlética do curso; bem como o professor Ávner Augusto Pires Pereira, coordenador do curso de Gastronomia.

A professora Gérsika falou que a integração entre os cursos foi muito prazerosa para os alunos. “Eles se interconectam, conhecem pessoas de outras áreas. Veja, um curso da área de saúde com cursos de áreas totalmente diferentes, Gastronomia e Direito. Então, isso é importante para os alunos conhecerem outras oportunidades que eles possuem aqui dentro da Universidade”.